Muriaé Intervalos nubladoMax 34º
Min  19º
JORNALISMO | 22/02/2021 « Voltar

Governador Romeu Zema pousa em Muriaé e visita Carangola, após o município sofrer com a pior enchente de sua história




Governador Romeu Zema pousa em Muriaé e visita Carangola, após o município sofrer com a pior enchente de sua história
Romeu Zema foi recebido pelo Ten. Cel Márcio Roberto e pelo tenente dos bombeiros Caatele








Antes se seguir para Carangola, ele concedeu uma entrevista exclusiva a equipe de jornalismo da Rádio Muriaé




O governador Romeu Zema (NOVO) pousou em Muriaé na tarde desta segunda-feira (22) e depois seguiu em direção a Carangola onde sobrevoou a cidade em um helicóptero da Polícia Militar.

Zema veio acompanhado do coordenador da Defesa Civil do estado, Cel Oswaldo. Ele foi recebido no aeroporto municipal pelo Comandante do 47º Batalhão da Polícia Militar Ten. Cel Márcio Roberto e pelo Tenente Caatele, responsável pelo batalhão de Leopoldina.

Antes se seguir para Carangola, ele concedeu uma entrevista exclusiva a equipe de jornalismo da Rádio Muriaé e explicou que o motivo da visita foi acompanhar de perto os trabalhos realizados pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil no município, além de providenciar recursos junto à prefeitura.

“Vamos fazer tudo que está ao nosso alcance. O que nós queremos é que essas pessoas sejam assistidas devidamente e que o estado tome as medidas com a prefeitura para que todos os danos sejam reparados”, informou o governador.

Durante a entrevista, Zema também enfatizou que a prefeitura deverá decretar situação de emergência e com a comprovação dos danos, poderá solicitar recursos vindos do governo Federal.

De acordo com a Defesa Civil de Carangola, há 1.100 pessoas desalojadas e 35 desabrigadas no município. Três imóveis desabaram e não há registro de feridos.

Esta foi a maior enchente da história da cidade. A Defesa Civil informou que o rio Carangola subiu mais de seis metros e atingiu vários bairros, inclusive a região central.

O Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura (Semasa) comunicou que está trabalhando com a capacidade de fornecimento de água em apenas 50% e pede para aqueles que puderem, economizar água. Muitos bairros estão com falta d´água e o prazo para o reestabelecimento é de 20 dias, segundo a fornecedora.

 



Fonte : Rádio Muriaé




COMENTÁRIOS 3


jader Luiz Gusman Pedrosa
Postado no dia 22/02/2021 - 16:57 Cidade: PIRAPANEMA(Muriaé) - MG
» Parabenizo nosso Governador, que tem prestado ajuda à todos os municípios mineiros ...


Barbara Nunes
Postado no dia 23/02/2021 - 10:30 Cidade: Muriae - MG
» Ele tinha que vir era de carro pra ver nossas Péssimas estradas,viajar de avião é muito fácil.


Lucas
Postado no dia 23/02/2021 - 13:00 Cidade: Muriaé - MG
» Nova política mesmo, nada de pompa ou aqueles montes de político querendo aparecer e tirar foto. Veio pra fazer um trabalho e pronto.

COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES