Muriaé Intervalos nubladoMax 32º
Min  19º
JORNALISMO | 07/12/2021 « Voltar

Polícia Civil conclui inquérito de homicídio ocorrido em julho no bairro Encoberta




Polícia Civil conclui inquérito de homicídio ocorrido em julho no bairro Encoberta
Delegado Adjunto de Homicídios, Glaydson Souza, em entrevista a Rádio Muriaé, nesta terça-feira com o inquérito concluído

O Delegado Adjunto de Homicídios, Glaydson Souza, em entrevista a Rádio Muriaé, nesta terça-feira (07), informou que a Polícia Civil concluiu o inquérito do homicídio ocorrido no dia 07 de julho deste ano em Muriaé, no bairro Encoberta.

No dia, Felisberto Carneiro da Silva, de 47 anos, foi morto na Rua Newton Resende com mais de 20 tiros.

Durante as investigações, foi constato que pelo menos, quatro pessoas, incluindo um menor, participaram do crime.

O motivo seria a disputa territorial pelo tráfico de drogas, o qual a vítima era apontada como um dos traficantes do bairro.

Duas pessoas seguem presas de forma temporária.

Esfaqueamento no bairro São Joaquim segue em investigação

Ainda segundo o delegado, outro homicídio que está com as investigações avançadas é o esfaqueamento ocorrido no bairro São Joaquim, no dia 21 de novembro deste ano.

Ronald Deivid Klose Lopes Carvalho tinha 19 anos e foi golpeado com várias facadas no pescoço. Segundo o delegado, foi constado pelo exame de necropsia que duas facas foram utilizadas na prática do crime, o que leva a entender que duas pessoas participaram da execução.

Dr. Glaydson também explicou que o motivo da morte de Ronald ocorreu após a vítima realizar um assalto a um posto de combustíveis e após ser detido pela Polícia Militar, entregou o comparsa que estava com ele. Um menor de idade. As investigações apontam que a morte ocorreu durante a madrugada daquela data, entre o percurso de um bar onde a vítima estava, até a sua residência.

De acordo com um levantamento feito pelo departamento de jornalismo da Rádio Muriaé, só em 2021 ocorreram 18 homicídios em Muriaé. O mês de julho foi o mais violento, com cinco assassinatos registrados.

O último homicídio foi recente. Misleny Aparecida Damasceno Souza de 34 anos foi encontrada morta dentro de sua casa, no bairro Aeroporto, na madrugada desta segunda-feira (06). O companheiro da vítima foi preso em flagrante e é apontado como o principal suspeito. A perícia Criminal da Polícia Civil constatou que a vítima foi morta enforcada. O crime será investigado como feminicídio.  Se condenado, o suspeito poderá receber uma pena de até 30 anos.

 



Fonte : Rádio Muriaé




COMENTÁRIOS 1


Meu DEUS
Postado no dia 07/12/2021 - 17:11 Cidade: Muriae - Mg
» Parabéns pra vc dr e toda a sua equipe,não tenho dúvidas que o senhor vai solucionar mais um caso,DEUS também vai ser o JUIZ de cada um...

COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES