Muriaé Cielos NubladoMax 25º
Min  17º
JORNALISMO | 17/03/2015 « Voltar

Plantão de Polícia: Com 9 assassinatos no ano PM destaca confrontos entre grupos rivais

Plantão de Polícia: Com 9 assassinatos no ano PM destaca confrontos entre grupos rivais
O comandante da 76 Cia, cap. Sandro, participou da edição desta terça (17) do "Plantão"



Dois assassinatos foram cometidos em Muriaé no último fim de semana - em um deles um jovem foi baleado na porta do estádio Soares de Azevedo quando saía de um jogo do Nacional -, elevando para nove o número de mortes violentas na cidade em 2015.
 
Obviamente, os crimes tem assustado a população, e para falar sobre o assunto o comandante da 76ª Companhia da Polícia Militar (76 CIA), capitão Sandro Josefino, esteve nesta terça-feira (17) nos estúdios da Rádio Muriaé e participou do Programa Plantão de Polícia.
 
Perguntado sobre este cenário dos homicídios tentados e consumados na cidade, o capitão disse que atualmente, o grande problema são os crimes cometidos por grupos rivais: “É uma guerra que existe hoje. Uma guerra do tráfico. Essas pessoas que vivem à margem da sociedade se ameaçam o tempo todo e tentam matar umas as outras e nenhuma delas procura a polícia para fazer sequer um registro de ameaça, como um cidadão de bem faz. Desta forma eles se tornam, tanto vítimas, quanto autores em potencial como temos visto”, argumentou.
 
O comandante ressaltou, no entanto, que apesar deste cenário de confrontos entre criminosos, citado por ele, a PM tenta prevenir os assassinatos, seja contra quem for: “Nosso trabalho é evitar que o homicídio aconteça, ainda que as vítimas sejam pessoas que vivem à margem da sociedade. Até porque todos tem direito de mudar de vida, e nós da polícia temos que crer que a pessoa pode sim se regenerar, caso contrário, seria mais adequado estabelecer a pena de morte no Brasil. Mas não é o caso, porque acreditamos na possibilidade de recuperação do indivíduo”, afirmou o oficial, que citou ainda as muitas apreensões de armas e drogas feitas nos últimos anos em Muriaé, como prova do empenho e eficiência dos militares que atuam na cidade.
 
Quanto aos desafios enfrentados pela PM no combate aos crimes violentos, o capitão destacou, entre outros, a grande dificuldade encontrada pelas autoridades em conseguir tirar os bandidos da sociedade, devido à fragilidade da legislação penal brasileira: “Falando como cidadão, minha opinião é de que nossas leis são brandas e isso, sem dúvida, contribui e muito para que os criminosos tenham uma sensação de impunidade cada vez mais forte, pois não são poucas as prisões e apreensões que fazemos, porém, em muitos casos os autores nem chegam a ficar presos e quando ficam, dentro de pouco tempo estão de novo nas ruas”.
 
Um exemplo claro deste cenário envolve o jovem apontado pela própria vítima baleada no Estádio do Nacional, como o autor dos tiros. No último dia 6, nove dias antes do crime, um adolescente e o suposto atirador, que é suspeito pela autoria de ao menos outros oito homicídio tentados ou consumados, foram detidos pela Polícia Militar em uma ocorrência na qual foram apreendidos um revólver e um colete à prova de balas, no bairro Santo Antonio, mas o menor assumiu a propriedade do material e ambos foram postos em liberdade.
 
Concluindo, capitão Sandro garantiu que o trabalho da corporação não pára, integrado à Polícia Civil e aos demais órgãos de defesa social, visando à segurança da população: “Apesar destes crimes, o cidadão de bem em Muriaé pode dormir tranquilo. Quem não consegue fazer isso são os bandidos, seja porque a qualquer momento podem ser incomodados pela polícia ou por inimigos querendo tirar sua vida”, finalizou.
 
 


Fonte : Rádio Muriae




COMENTÁRIOS 10


anônimo
Postado no dia 17/03/2015 - 18:49 Cidade: muriae - mg
» Muriae ta uma vergonha sou morador da praça são paulo e ontem eu nao vi passar nenhuma viatura ,e eu vi 2 ssuspeitos em uma moto yBR na cor vinho aparentemente armados já e a 3 vez q eu vejo eles tramando algo com certeza estao querendo fazer algo de ruim com alguem que trabalha ou mora por aqui,liguei 3 vezes pra policia pra averiguar e o 190 so chamava!!!


antonio jose de aquino
Postado no dia 17/03/2015 - 18:21 Cidade: MURIAE - MG
» tem que dar mais blitiz,tem muita gente armada na cidade,blitiz em pessoas,carros e motos.


Renato Brasil da silva
Postado no dia 17/03/2015 - 18:11 Cidade: muriae - MG
» Boa noite. Em primeiro lugar gostaria de parabenizar o trabalho da polícia, Pq como disse o Capitão a policia está fazendo sua parte mas as leis Brasileiras impedem que as prisões se concretizem. Todos nós estamos vendo a quantidade de armas e drogas que são aprendidas. Que deus abençoe o trabalho da polícia.


muriaeense
Postado no dia 17/03/2015 - 19:21 Cidade: Muriae - MG
» Com todo respeito ao Capitão, não dá para ter tranquilidade com essas armas na mão desses bandidos , eles atiram em locais públicos sem medo algum e se os tiros de domingo por engano pega-se em um inocente? É disso que a população de bem está com medo.


Andre Felippe
Postado no dia 17/03/2015 - 20:57 Cidade: Muriae - MG
» Sr. Capitão, com todo respeito e adimiração pela sua intenção de assumir responsabilidades sobre os homicidios e casos violentos, sinto informar que a tendência é só piorar visto que a base de uma sociedade pacifica é a familia presente e a escola de qualidade...nossa juventude de 12 a 23 anos está totalmente perdida e sem direção por conta do estado incapaz, corrupto e incompetente no quesito de educar sua população e colocar "ordem na casa", acredito que os investimentos na estrutura podem ser multiplicados por 100, nunca terá o mesmo efeito se mudarmos a forma de encarar a raíz do problema, esses jovens problemáticos dessa faixa etária que informei já era...é caso perdido difícil de recuperar...agora!!! precisamos urgente investir na educação básica, uma ótima iniciativa foi o proerd...por que não investem mais nesse projeto....FALTA CRIATIVIDADE E BOA VONTADE por parte do gestores educacionais e principalmente dos pais coelhos que se multiplicam de forma irresponsável.


muriaense
Postado no dia 17/03/2015 - 21:33 Cidade: muriae - mg
» Minha filha estava vindo de escola , e um homem pegou o celular dela e falou q ia matar elai ela passou ate mal , isso foi 11:30 e chamei a policia e nn vieram .


Bilong furnadigno soberano alterismatico
Postado no dia 17/03/2015 - 22:38 Cidade: Muriae mg - MG
» APROVEITANDO QUE O CAPITÃO DEVE LER ESSES COMENTÁRIOS. VENHO PEDIR POR FAVOR PRA QUE FAÇAM BLITZ. SE DEPENDER DO JUDICIARIO, SÓ TEM FISCALIZAÇÃO DEPOIS QUE VENCE O LICENCIAMENTO. QUEREMOS BLITZ PRA PEGAR BANDIDO, NÃO PRA PEGAR IMPOSTO. TEM QUE PRENDER ESSES MELIANTES QUE ATENTAM CONTRA NOSSAS VIDAS. DO MESMO JEITO QUE ELES MATAM UM RIVAL PODEM MATAR UMA PESSOA SENDO ASSALTADA OU EM UM ACIDENTE DE TRANSITO. BLITZ NO SANTANA EU NUNCA VI, NEM NO AEROPORTO, NO SANTA TEREZINHA TAMBEM NÃO.


Clara
Postado no dia 18/03/2015 - 09:24 Cidade: muriae - mg
» Como assim o cidadão de bem por ficar tranquilo????Com todo respeito ao capitão também, não são apenas marginais matando marginais não, estamos totalmente vulneraveis nos assaltos e furtos cometidos por estes individuos à margem da sociedade. POdemos ser alvejados por tiros a qualquer momento uma vez que tais cidadãos, além de não terem porte de arma, nem sabe atirar bem, por isso tantas "tentativas" de homicídio. Se acertassem sempre que tentam já teria havido uma chacina na cidade, pois tiroteio é uma coisa comum, agora no centro e barra também. Ou seja, tranquilos por aqui, jamais! Aliás vale ressaltar que o 190 não atende. Ontem mesmo, numa ocorrencia em meu bairro, fiz dezenas de tentativas sem sucesso e sem retorno.


Rodolfo
Postado no dia 18/03/2015 - 09:29 Cidade: Muriaé - MG
» Reconhecemos o esforço e a competência da PM, mas ao contrário do que o Capitão disse, o cidadão de bem não pode dormir tranquilo não. Como dormir tranquilo sabendo que uma bala perdida pode encontrar o seu filho, no centro da cidade, indo ou voltando da escola? Ou então na porta de um estádio, num domingo de manhã, dia de lazer com a família? Por enquanto os bandidos estão se matando, mas uma hora, um inocente pode ser baleado. Domingo mesmo eu estava com minha família no estádio da NAC, mais de 10 tiros foram disparados, 5 atingiram a vítima e outros tantos acertaram carros, e se uma bala desse acerta um inocente? Tá complicado demais viver nessa cidade.


Bidu
Postado no dia 19/03/2015 - 22:05 Cidade: Silveirânia - MG
» Eu cansei da violência em Muriaé e tomei uma decisão, me mudei para outra cidade bem menor mas hoje vivo em plena tranquilidade, viajo e minha casa fica fechada e quando volto ela está intácta. Aí em Muriaé eu viajava e tinha que deixar pessoas vigiando a casa e às vezes retornar antes do programado, pois minha casa tinha sido invadida. Cruel!!

COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES